Rádio Web Divina Adoração

relojes web gratis

sábado, 31 de dezembro de 2011

FELIZ ANO NOVO!!!!!!

FELIZ ANO NOVO!!!!!!

"Até aqui nos ajudou o Senhor" I samuel 7:12

Que o Senhor Deus possa conceder a todos, um ano novo repleto de Bençãos Espirituais, que todos os desejos de nossos corações possam se realizar na presença de Deus e que nesse novo ano possamos conquistar novas almas para Cristo

Feliz 2012 a todos é o Desejo do meu coração.


Ev. Flávio dos Santos.

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

O que Deus quer de mim e de você?

Ele não quer saber quanto tenho de dinheiro mas a quantos eu ajudei com meu dinheiro

Ele não quer saber quantos eu ofendi mas a quantos eu levei uma palavra de conforto

Ele não quer saber se tenho uma dezena de amigos mas quantos destes amigos podem contar comigo

Ele não quer saber que carro tenho mas a quantas pessoas empresto

Ele não quer saber que casa tenho mas como trato a minha familia

Ele não quer saber que roupa tenho mas sim a quantos ajudei a vestir

Ele não quer saber quantos amigos tenho mas quantos me consideram amigo

Ele não quer saber quantos vizinhos tenho mas se eu os amo

Ele não quer saber que cor de pele tenho mas se tenho um bom caráter

Ele não quer saber se sou crente de boca, mas se sou de coração e me confesso um pecador que precisa de sua ajuda

Ele quer toda minha vida e não apenas uma pequena parte dela

Medite nisso

“Assim como tu não sabes qual o caminho do vento, nem como se formam os ossos no ventre da mulher grávida, assim também não sabes as obras de Deus, que faz todas as coisas.” Eclesiastes 11:5.

sábado, 10 de dezembro de 2011

Versículo do dia

VERSÍCULO:Não se ponham em jugo desigual com descrentes. Pois o que têm emcomum a justiça e a maldade? Ou que comunhão pode ter a luz com astrevas?-- 2 Coríntios 6:14

sábado, 3 de dezembro de 2011

Meditação!!

VERSÍCULO:Pois ele nos resgatou do domínio das trevas e nos transportou para o Reino do seu Filho amado...-- Colossenses 1:13

PENSAMENTO:Deus não apenas ouve os nossos clamores para libertação; ele envia um poderoso Libertador! Deus enviou Moisés em resposta aos clamores dos israelitas do Egito (veja Êxodo 3). Deus também enviou Jesus em resposta aos clamores do mundo para libertação da sua escravidão ao príncipe mau da escuridão. Nosso novo mundo, nosso Reino, foi construído no amor – o amor sacrificial de um Salvador que não conquistou apenas a morte para nós, mas se entregou para fazer isso. Jesus não é apenas nosso libertador (nos salva de algo), ele é também nosso Salvador ( nos salva PARA alguma coisa também)!

ORAÇÃO:Amoroso e eterno Deus, em Jesus o Senhor alcançou meu mundo limitado e mortal e me resgatou dos seus limites mortais. Obrigado por quebrar as garras da morte. Obrigado por usar o amor para destruir as barreiras que existiam entre nós. Obrigado por me resgatar e me trazer à sua família e seu Reino. Eu Te ofereço minha gratidão, serviço e louvor em nome de Jesus. Amém.

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

MEDITE!!!!!!!!

4 Porque desde a antigüidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com os olhos se viu um Deus além de ti, que opera a favor daquele que por ele espera.

terça-feira, 29 de novembro de 2011

O DEUS DE JABEZ É TAMBÉM O NOSSO DEUS - HOJE E SEMPRE.....

Jabez invocou o Deus de Israel, dizendo:
Oh ! Que me abençoes e me alargues
as fronteiras,
que seja comigo a tua mão
e me preserves do mal,
de modo que não me sobrevenha aflição !
E Deus lhe concedeu
o que lhe tinha pedido.

I Crônicas 4:10
***************************************
Através de uma simples e confiante oração, você pode mudar o seu futuro.
Orar por fronteiras alargadas é nada menos que pedir um milagre.
Um milagre é uma intervenção divina que provoca um evento que normalmente não ocorreria.
Foi exatamente isso e nada menos que Jabez precisou para transceder seu nome e mudar sua situação.


"Foi Jabez mais ilustre
do que seus irmãos;
sua mãe chamou-lhe Jabez, dizendo:
Porque com dores o dei à luz".
I Crônicas 4:9

A riqueza das palavras e a sinceridade do pedido de Jabez demonstram profundo desejo de mudar o rumo de sua vida, de sua cultura

ORE A DEUS COMO JABES E VERAS O QUE DEUS FARA POR TUA VIDA...

domingo, 27 de novembro de 2011

MUITO ALÉM DE APENAS VIVER UM POUCO MAIS!

QUEM CRÊ EM DEUS VIVE MAIS TEMPO!

Cientistas da renomada Duke University em Raleigh (Carolina do Norte/EUA) descobriram: "Quem crê em Deus vive mais tempo." Durante oito anos eles mediram regularmente a pressão arterial de 4.000 moradores do Estado. O resultado surpreendente foi: as pessoas que iam aos cultos no domingo ou liam a Bíblia e oravam regularmente tinham pressão arterial 40% mais baixa do que os não-crentes.
Harold Koenig, um dos autores do estudo, diz: "Principalmente pessoas mais idosas se sentem seguras devido aos cultos e às orações, o que reduz o stress, baixa a pressão arterial e protege o coração." (BZ)
A genuína fé em Deus tem efeitos sensíveis, inclusive sobre a vida física. O Senhor Jesus disse: "Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei" (Mt 11.28). Mas a fé em Jesus Cristo produz mais do que apenas redução do stress ou sensação de segurança.
Não devemos apenas nos sentir bem, tudo em nossa vida deve estar bem. A fé é uma fonte que jorra para a vida eterna. Aquele que crê em Jesus recebe o perdão dos pecados. Quem nEle crê é liberto do pecado original de Adão. Quem recebe a Jesus em sua vida pela fé é liberto legalmente de toda culpa e se torna um filho de Deus legítimo (Jo 1.12). A fé em Cristo nos transporta para o reino de Deus e nos dá uma esperança viva que nos sustém também em dias difíceis. A fé em Jesus tira o poder da morte (embora o temor dela ainda possa persistir), nos abre as perspectivas para o reino de Deus e permite a nossa entrada nele. Por meio da fé o homem obtém razão para viver e sua alma inquieta encontra descanso. Foi o que disse Agostinho: "Fomos criados para ti, ó Deus, e nosso coração não tem paz até que a encontre em ti"

Fonte: Boletim informativo da Igreja Evangélica Assembleia de Deus

Astorga - Pr

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

A CONCORDÂNCIA DA BIBLIA E A PROVA DE QUE OS SANTOS ESCRITORES FORAM INSPIRADOS PELO ESPÍRITO SANTO DE DEUS.

No livro bíblico de Jó no capítulo 14 e versos 10,11 e 12, está escrito:
10 Mas, morto o homem, é consumido; sim, rendendo o homem o espírito, então, onde está?
11 Como as águas se retiram do mar, e o rio se esgota e fica seco,
12 "assim o homem se deita e não se levanta; até que não haja mais céus, não acordará, nem se erguerá de seu sono". -Texto escrito por Jó
Nós, cristãos, sempre que pregamos a palavra de Deus, temos a firme convicção de que os textos enfatizados foram escritos, outrora, inspirados pelo Espírito Santo de Deus. Isto porque sabemos que toda a prática da palavra de Deus, tendo em sua essência a diligência e o amor pelo evangelho, parte inteiramente dele.
Sabemos que o Espírito Santo é perfeito, assim como todas as suas obras. Ele, por todo esse tempo, vem inspirando nossos irmãos( principalmente os escritores da bíblia sagrada), sendo assim, as sagradas escrituras não devem ter erro e/ou desconcordância. E é isso o que temos na Bíblia Sagrada: a perfeição e total concordância; é prova disto esta postagem. "Veja o esboço bíblico proposto; se possível, acompanhe com um exemplar da Bíblia Sagrada e veja essa comprovação".
No livro bíblico de Apocalipse, no capítulo 20 e versos 11,12 e 13, está escrito:
11 E vi um grande trono branco e o que estava assentado sobre ele, "de cuja presença fugiu a terra e o céu, e não se achou lugar para eles".
12 E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante do trono, e abriram-se os livros. E abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas no livro, segundo as suas obras.
13 E deu o mar os mortos que nele havia; e a morte e o inferno deram os mortos que neles havia; e foram julgados cada um segundo as suas obras. -Texto escrito por João-
Se prestarmos atenção, veremos que o que Jó disse (focado entre parênteses), está totalmente condizente, isto é, em perfeita concórdia com o que descreve o evangelista São João em sua visão(também focada entre parênteses), no tocante ao juízo final, onde todas as pessoas serão julgadas pelas suas obras que praticaram em vida.
A concordância refere-se ao fenômeno de desaparecimento do céu e da terra, para darem espaço ao Grandíssimo, Santíssimo e eterno Deus, criador de todas as coisas, que executará o Santo e Imparcial Juízo Final.
Para haver tão fiel concordância, só sendo escrita por um único autor: "O ESPÍRITO SANTO DE DEUS".

PUBLICADO PELO: BLOG JOVENS ADORADORES

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

VOCÊ É FELIZ?????

No que está baseado a tua felicidade? No dinheiro, na independência financeira? na família sólida? Se a tua felicidade está baseada em dos pontos acima citados tenho que lhe dizer que você não é feliz de verdade. Felicidade não é medida por aquilo que tenho, mas por aquilo que sou interiomente, ou seja, felicidade não são momentos de vida, mas sim um estado de espírito. E nós sabemos que no Espírito só Deus pode mexer.

Felicidade é encontrar em si mesmo o ponto de equilíbrio que faz com você se sinta a mesma alegria independentemente do que tenha ou do estado da tua vida, independe completamente de tudo isso. Onde encontramos esse ponto de equilíbrio? Somente em Deus, só Ele tem o poder e a graça de nos fazer fortes interiormente, capazes de superar qualquer crise sem alterar aquilo que está dentro de você.

Não estou dizendo que nós nunca nos entristeceremos, ao contrário, mas que mesmo diante das adversidades temos dentro de nós algo que anda acompanhado com a plena e verdadeira felicidade, que é a esperança. Aquele que é feliz em Deus chora por uma noite toda mas dentro de si sabe que a alegria retornará pela manhã bem cedo; sabe que depois de uma grande tempestade vem a bonança.

Felicidade é estar ligado em Deus e Ele ligado em você! Pode vir vendavais, mas no seu interior ninguém mexe ou altera, pois Deus o controla de forma poderosa.

Não é feliz?

Vá em busca da felicidade pelo caminho certo, ou seja, em Deus.

sábado, 12 de novembro de 2011

NADA DE MALDIÇÃO HEREDITÁRIA.

Você que acredita em maldição hereditária, medite nisso, a Bilbia diz no evangelho de João 8:36 - "Se pois o filho vos libertar verdadeiramente sereis livres", no mesmo evangelho de João 8:32 diz: "e conhecereis a Verdade e a Verdade vos libertará", já na carta de Paulo aos Gálatas Paulo escreveu no capítulo 3 e verso 13 - "Cristo nos resgatou da Maldição da lei, fazendo-se Maldiçao por nós, porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro", portanto todo cristão deve saber e compreender que ninguem é obrigado pagar pelos pecados dos seus antepassados, até porque a salvação é individual. Paulo escreveu aos Corintios "Assim que, que se alguém está em Cristo nova Criatura é: as coisas velhas já passaram: eis que tudo se fez novo. II Cor 5:17, como pode então uma pessoa apartir do momento que aceita a Jesus Cristo como Salvador viver debaixo do julgo da maldição se a Bilbia diz que somos novas criaturas e que as coisas velhas ja passaram e vivemos em novidade de vida? João 5:24 Diz na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou tem a vida eterna e não entrará em condenação, mas passou da morte para vida, este versículo nos deixa muito claro que no momento que você ouve a palavra Crê em Jesus Cristo aceita-o como Único e suficiente Salvador, abandona o pecado você alcança a vida eterna conquistada por Cristo na Cruz do Calvário, então não existe Maldiçao nenhuma sobre a sua vida. No livro do profeta Ezequiel capítulo 18 está escrito e muito claro que pecado é responsabilidade pessoal é de cada um. Moisés deixou Escrito no Livro de Deuteronômio 24:16 - Os pais não morerrão pelos filhos, nem os filhos, pelos pais; cada qual morrerá pelo seu pecado. Note bem que desde o tempo da lei ja não era considerado que ninguém seria obrigado pegar pelos pecados de outrem. Quando o Apóstolo Paulo escreveu aos Romanos veja bem que descrição fantástica que temos neste texto de Romanos 8:33-39 que nos isenta de todo pecado alheio
.
Romanos,
8.33 Quem intentará acusação contra os eleitos de Deus? É Deus quem os justifica.
8.34 Quem os condenará? É Cristo Jesus quem morreu ou, antes, quem ressuscitou, o qual está à direita de Deus e também intercede por nós.
8.35 Quem nos separará do amor de Cristo? Será tribulação, ou angústia, ou perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada?
8.36 Como está escrito: Por amor de ti, somos entregues à morte o dia todo, fomos considerados como ovelhas para o matadouro.
8.37 Em todas estas coisas, porém, somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou.
8.38 Porque eu estou bem certo de que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as coisas do presente, nem do porvir, nem os poderes,
8.39 nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura poderá separar-nos do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor.
amados e queridos Irmãos em Cristo, na verdade ja somos mais que vencedores, na mesma carta de Paulo aos Romanos veja com ateção o que está escrito e quão esclarecedor é paa nós, RM: 8.1A Agora, pois, já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, Meus irmãos vamos viver nossa liberdade em Cristo Jesus e nada de Maldiçao Hereditária, Leiamos ainda em
Romanos (8.13-17) 13 Porque, se viverdes segundo a carne, caminhais para a morte; mas, se, pelo Espírito, mortificardes os feitos do corpo, certamente, vivereis.
8.14 Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus.
8.15 Porque não recebestes o espírito de escravidão, para viverdes, outra vez, atemorizados, mas recebestes o espírito de adoção, baseados no qual clamamos: Aba, Pai.
8.16 O próprio Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus.
8.17 Ora, se somos filhos, somos também herdeiros, herdeiros de Deus e co-herdeiros com Cristo; se com ele sofremos, também com ele seremos glorificados. graças a Deus que nós somos salvos e vivemos para adorar a Deus.
João 9:1-3 diz:9.1 Caminhando Jesus, viu um homem cego de nascença.
9.2 E os seus discípulos perguntaram: Mestre, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?
9.3 Respondeu Jesus: Nem ele pecou, nem seus pais; mas foi para que se manifestem nele as obras de Deus. Portanto Queridos Irmão não Deixe que Determinados ensinamentos venha te fazer pensar que você tambem é responsavel pelos pecados de seus avós, bizavós e até de seus pais, mais tenha certeza que cada um dará conta de sí a Deus.
Medite nisso e Seja Feliz com Jesus.

Evangelista Flávio dos Santos
12 de novembro de 2011.

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

QUEM É JESUS?

Para o cego, Jesus é luz.
Para o faminto, Jesus é o pão.
Para o sedento, Jesus é a fonte.
Para o morto, Jesus é a vida.
Para o enfermo, Jesus é a cura.
Para o prisioneiro, Jesus é a liberdade.
Para o solitário, Jesus é o companheiro.
Para o mentiroso, Jesus é a Verdade.
Para o viajante, Jesus é o caminho.
Para o visitante, Jesus é a porta.
Para o sábio, Jesus é a sabedoria.
Para a medicina, Jesus é o médico dos médicos.
Para o réu, Jesus é o advogado.
Para o advogado, Jesus é o Juiz.
Para o Juiz, Jesus é a justiça.
Para o cansado, Jesus é o alívio.
Para o medroso, Jesus é a coragem.
Para o agricultor, Jesus é a árvore que dá fruto.
Para o pedreiro , Jesus é a pedra principal.
Para o jardineiro, Jesus é a Rosa de Sharon.
Para o floricultor, Jesus é o lírio dos vales.
Para o tristonho , Jesus é a alegria.
Para o leitor, Jesus é a palavra.
Para o pobre, Jesus é o tesouro.
Para o devedor, Jesus é o perdão.
Para o aluno, Jesus é o professor.
Para o professor, Jesus é o mestre.
Para o fraco, Jesus é a força.
Para o forte, Jesus é o vigor.
Para o inquilino, Jesus é a morada certa.
Para o incrédulo, Jesus é a prova.
Para o fugitivo, Jesus é o esconderijo.
Para o obstinado, Jesus é o conselheiro.
Para o navegante, Jesus é o capitão.
Para o soldado, Jesus é o general.
Para a ovelha, Jesus é o bom pastor.
Para o problemático, Jesus é a solução.
Para o holocausto, Jesus é o cordeiro.
Para o sábado, Jesus é o Senhor.
Para o astrônomo, Jesus é a estrela da manhã.
Para os magos, Jesus é a estrela do oriente.
Para o mundo, Jesus é o salvador.
Para Judas, Jesus é inocente.
Para os demônios, Jesus é o Santo de Deus
Para o tempo, Jesus é o relógio de Deus.
Para o relógio, Jesus é a última hora.
Para Israel, Jesus é o Messias.
Para as nações, Jesus é o desejado.
Para a Igreja, Jesus é o noivo amado.
Para o vencedor, Jesus é a coroa.
Para a gramática, Jesus é o verbo.
Para Deus, Jesus é o Filho amado.
Pra mim, JESUS é o grande EU SOU, meu SALVADOR
minha Vida meu Grande Amor o meu TUDO
E pra você, quem é JESUS?

A CRIAÇÃO

(Gênesis 1:1) - NO princípio criou Deus os céus e a terra.

(Gênesis 1:2) - E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas.

(Gênesis 1:3) - E disse Deus: Haja luz; e houve luz.

(Gênesis 1:4) - E viu Deus que era boa a luz; e fez Deus separação entre a luz e as trevas.

(Gênesis 1:5) - E Deus chamou à luz Dia; e às trevas chamou Noite. E foi a tarde e a manhã, o dia primeiro.

(Gênesis 1:6) - E disse Deus: Haja uma expansão no meio das águas, e haja separação entre águas e águas.

(Gênesis 1:7) - E fez Deus a expansão, e fez separação entre as águas que estavam debaixo da expansão e as águas que estavam sobre a expansão; e assim foi.

(Gênesis 1:8) - E chamou Deus à expansão Céus, e foi a tarde e a manhã, o dia segundo.

(Gênesis 1:9) - E disse Deus: Ajuntem-se as águas debaixo dos céus num lugar; e apareça a porção seca; e assim foi.

(Gênesis 1:10) - E chamou Deus à porção seca Terra; e ao ajuntamento das águas chamou Mares; e viu Deus que era bom.

(Gênesis 1:11) - E disse Deus: Produza a terra erva verde, erva que dê semente, árvore frutífera que dê fruto segundo a sua espécie, cuja semente está nela sobre a terra; e assim foi.

(Gênesis 1:12) - E a terra produziu erva, erva dando semente conforme a sua espécie, e a árvore frutífera, cuja semente está nela conforme a sua espécie; e viu Deus que era bom.

(Gênesis 1:13) - E foi a tarde e a manhã, o dia terceiro.

(Gênesis 1:14) - E disse Deus: Haja luminares na expansão dos céus, para haver separação entre o dia e a noite; e sejam eles para sinais e para tempos determinados e para dias e anos.

(Gênesis 1:15) - E sejam para luminares na expansão dos céus, para iluminar a terra; e assim foi.

(Gênesis 1:16) - E fez Deus os dois grandes luminares: o luminar maior para governar o dia, e o luminar menor para governar a noite; e fez as estrelas.

(Gênesis 1:17) - E Deus os pôs na expansão dos céus para iluminar a terra,

(Gênesis 1:18) - E para governar o dia e a noite, e para fazer separação entre a luz e as trevas; e viu Deus que era bom.

(Gênesis 1:19) - E foi a tarde e a manhã, o dia quarto.

(Gênesis 1:20) - E disse Deus: Produzam as águas abundantemente répteis de alma vivente; e voem as aves sobre a face da expansão dos céus.

(Gênesis 1:21) - E Deus criou as grandes baleias, e todo o réptil de alma vivente que as águas abundantemente produziram conforme as suas espécies; e toda a ave de asas conforme a sua espécie; e viu Deus que era bom.

(Gênesis 1:22) - E Deus os abençoou, dizendo: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei as águas nos mares; e as aves se multipliquem na terra.

(Gênesis 1:23) - E foi a tarde e a manhã, o dia quinto.

(Gênesis 1:24) - E disse Deus: Produza a terra alma vivente conforme a sua espécie; gado, e répteis e feras da terra conforme a sua espécie; e assim foi.

(Gênesis 1:25) - E fez Deus as feras da terra conforme a sua espécie, e o gado conforme a sua espécie, e todo o réptil da terra conforme a sua espécie; e viu Deus que era bom.

(Gênesis 1:26) - E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra.

(Gênesis 1:27) - E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.

(Gênesis 1:28) - E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar e sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra.

(Gênesis 1:29) - E disse Deus: Eis que vos tenho dado toda a erva que dê semente, que está sobre a face de toda a terra; e toda a árvore, em que há fruto que dê semente, ser-vos-á para mantimento.

(Gênesis 1:30) - E a todo o animal da terra, e a toda a ave dos céus, e a todo o réptil da terra, em que há alma vivente, toda a erva verde será para mantimento; e assim foi.

(Gênesis 1:31) - E viu Deus tudo quanto tinha feito, e eis que era muito bom; e foi a tarde e a manhã, o dia sexto.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

MEDITE NISSO

Todo cristão genuíno sabe, crê e entende que foi alcançado pela graça de Deus, foi alvo do amor incondicional de Deus e, por isso, tem prazer em louvar, agradecer ao Senhor por Sua tão grande salvação concedida por meio de Cristo Jesus, o Redentor suficiente. Quando nos referimos à graça de Deus queremos dizer o favor imerecido de Deus. Significa que Deus nos dá tudo não porque merecemos, mas pela obra do Seu Filho na cruz. Então, a graça é Deus dá tudo a quem nada merece. O nosso relacionamento com Deus não é com base em nosso merecimento, mas por meio do trabalho incomparável de Cristo a nosso favor. Paulo diz claramente que Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo e nos deu o ministério da reconciliação (2 Co 5.18-20). Graça é presente, doação, dom da parte de Deus. É manifestação soberana do Pai. É Deus descendo em Cristo para nos alcançar em profundo e incomparável amor.
Além da graça, temos a convicção do amor incondicional de Deus. Um amor que não barganha. Deus é amor (1 João 4.8). O amor é inerente ao ser de Deus. Saber que Deus nos ama é um bálsamo para o nosso coração, para as nossas entranhas. O amor de Deus por nós não depende de nosso mérito e nem do nosso desempenho. O amor de Deus é infinitamente maior do que amor de mãe (Is 49.15). O Seu amor é denso e intenso. É um presente e está sempre presente. O Seu amor é incondicional. Ele nos amou de tal maneira que deu o Seu Filho único para que crêssemos nEle e recebêssemos a vida eterna (João 3.16). Ele prova Seu amor pelo fato de ter Cristo morrido por nós (Rm 5.8). Que grande e excelso amor com o que Ele nos amou! O amor de Deus é terapêutico, encorajador, provedor, protetor e sempre doador.
Alcançados pela graça e sendo amados de Deus não temos outra alternativa coerente do que agradecermos, louvarmos e adorarmos a todo instante. Quantas vezes somos como os nove leprosos que não voltaram para agradecer a Jesus a sua cura! Como o povo de Israel que, provido pelo Senhor no deserto, murmurava, querendo voltar à escravidão do Egito. Povo rebelde, ingrato e arrogante. O salmista nos ensina a rendermos graças ao Senhor em todo o tempo. Devemos ser gratos, louvarmos a Deus não pelo que recebemos dEle, mas pelo que Ele é. Deus é a motivação para a vida e para o nosso louvor. Paulo e Silas cantavam hinos de louvor a Deus na prisão. Na bonança ou na tempestade devemos sempre agradecer, louvar a Deus de todo o coração. O Pai tem prazer na gratidão dos que O amam.

"O INCOMPARÁVEL CRISTO"

Compartilhar a Pessoa de Cristo é tratar de alguém muitíssimo especial. O nosso Senhor e Salvador é o Verbo que se encarnou e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade (João 1.14). O Mestre era cheio de ternura. Ele transpirava o amor que o fez sofrer por nós na cruz, derramando o Seu precioso sangue. Como é precioso falar de Jesus – do Seu amor, da Sua graça, da Sua misericórdia, da Sua justiça, da Sua verdade e da Sua santidade. Ele andava por toda a parte sempre fazendo o bem. O Seu prazer era fazer toda a vontade do Pai. Sentia profunda tristeza ao ver o povo mergulhado no pecado – na incredulidade, na murmuração, no juízo temerário e na hipocrisia, na falta de amor ao Pai. Jesus é incomparável no ser e no fazer. Incomparável em Sua missão.
Ele era aceito pelos párias da sociedade, mas veementemente rejeitado pelos religiosos e por muitos das aristocracias judaica e romana. Ele perdoou a mulher pega em adultério, curou o cego de nascença, curou o paralítico de Betesda, ressuscitou Lázaro, bem como o filho do oficial do rei e o filho da viúva de Naim. Jesus é incomparável em Seu poder, em Sua graça e em Sua empatia. Pensar em Jesus é pensar em Sua sabedoria, em Sua mansidão e Sua bondade. O incomparável Cristo é a nossa alegria todas as manhãs, a renovação de nossas forças todas as tardes e o nosso descanso todas as noites. Jesus é o balsamo para as nossas feridas, a paz para a nossa consciência e a segurança para a nossa alma.
Jesus salva os que crêem na Sua suficiência, protege os que nEle confiam e ensina aos que se submetem à Sua autoridade. Perdoa os que confessam de coração os seus pecados e está conosco nos momentos mais difíceis da nossa caminhada. Aliás, Ele prometeu estar conosco todos os dias até à consumação dos séculos (Mt 28.20). O Jesus Incomparável é o Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade e Príncipe da Paz (Is 9.6). Ele é o Justo Juiz que há de julgar todos os homens segundo o Seu Evangelho. Que Jesus precioso em todos os Seus caminhos e benigno em todas as Suas obras! Ele está em nós, ao redor de nós, sobre nós e age através de nós. Ele, na Sua graça, convida os cansados e oprimidos para a intimidade com Ele e os aliviar (Mt 11.28-30).
O Senhor Jesus é singular! Ele é o Alfa (primeira letra do alfabeto grego) e o Ômega (a última letra do alfabeto grego), o principio e o fim. Todas as coisas foram criadas por meio dEle e sem Ele nada do que foi feito se fez. Nele está a vida. Ele é a luz do mundo. O Pão da Vida. O único caminho para o Pai. Ele é a garantia da vida eterna para todos os que vêm a Ele com o coração quebrantado e contrito, pela fé e em profundo arrependimento dos seus pecados. Cristo incomparável em todos os Seus caminhos. Cheio de glória. Magnifico em poder. Magnifico em graça. Ele é o arrimo da nossa sorte. A âncora firme da nossa alma. Ó Cristo incomparável e insubstituível, recebe a nossa adoração, o nosso louvor, a nossa gratidão e o nosso amor! Bendito seja sempre o Senhor Jesus, o Autor e o Consumador da nossa fé! Glória ao Pai pela vida do Cristo incomparável

Texto do dia!!!

"Em que vós grandemente vos alegrais, ainda que agora importa, sendo necessário,que estejais por um pouco contristados, com várias tentações.
Para que a prova de vossa fé, muito mais preciosa do que ouro, que perece e é provado pelo fogo, se ache em louvor,e honra, e glória na revelação de Jesus Cristo" I Pedro cap. 1 vs 6,7.

versículo do Dia.

"Disse Jesus se Creres verás a glória de Deus"

domingo, 6 de novembro de 2011

versículo do Dia.

(Amós 8:11) - Eis que vêm dias, diz o Senhor DEUS, em que enviarei fome sobre a terra; não fome de pão, nem sede de água, mas de ouvir as palavras do SENHOR.

medite!!!!

VERSÍCULO:Paulo e Barnabé permaneceram em Antioquia, onde, com muitosoutros, ensinavam e pregavam a palavra do Senhor.-- Atos 15:35

PENSAMENTO:Antioquia era uma grande igreja no primeiro século. Esta igrejaera abençoada tanto com discípulos de Jesus judeus, como gentios,que eram muito talentosos. Estes discípulos foram os primeirosseguidores de Jesus a serem chamados cristãos. Muitos desses novoscristãos ensinaram e evangelizaram outros na sua comunidade. Esses“muitos outros” (veja o versículo citado) nos lembram que o poderda Igreja primitiva não estava limitado aos seus líderes bemconhecidos, mas também envolveu a dedicação geral dos seus membrospara ministrar e usar os dons que Deus deu a eles para servir outros.
ORAÇÃO:Todo Poderoso Deus, por favor, levante um exército de pessoasdedicadas que servirão, orarão, evangelizarão e ensinarão para queoutros possam conhecer a graça que o Senhor nos deu através do seuFilho Jesus. Renove o poder de cristãos comuns no nosso dia, assimcomo era na Igreja primitiva! Peço isso no poderoso nome de Jesus,meu Salvador e Senhor. Amém.

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Medite

ASSIM DIZ O SENHOR: atravessarei o deserto contigo pois SOU TUA PROVISÃO sondei vosso coração ouvi o gemido de socorro éis que moverei sua terra arrancarei do cativeiro teus sonhos roubados esquecidos pelo tempo da inquietação TEUS PASSOS enfraquecidos não veêm mais as promessas POIS nuvens de poeiras da inveja cobrem vossos olhos ferindo-te com pedras da falsidade LABIOS RECEQUIDO gritam por sede mas teus poços cobertos estão de injustiça TOMO-TE pelas mãos RESTAURAREI DE REBENTO NOVO os campos jorrarão torrentes de únção sobre tua cabeça matarás o leão com o grito da sua vitoria POIS TUA VERGONHA CUBRIREI de véu com linhas traçadas de ouro TE CHAMARÃO cidade ELEITA herdeiros das camaras secretas das RIQUEZAS insondavéis do repouso SANTO abre pois novos poços fortalecendo-te em oração e jejum POIS DO JARDIM FECHADO CORRERA RIOS de paz e transborarão sua parentela de nobreza e alegria EU SOU O QUE SOU nada poderá me impedir ..visitarei tua casa E SARAREI A TUA FERIDA COBRINDO-TE DE VESTIDURAS REAIS

domingo, 9 de outubro de 2011

Para Meditar

Domingo, 9 de Outubro, 2011 VERSÍCULO:

Ele o cobrirá com as suas penas, e sob as suas asas vocêencontrará refúgio; a fidelidade dele será o seu escudo protetor.-- Salmos 91:4 PENSAMENTO:A vida é cheia de muitas incertezas. Você nunca sabe quando algoinesperado vai acontecer. Você não tem idéia quando o próximodesastre vai acontecer. Num mundo cheio de ódio e terrorismo,nenhum de nós tem idéia quando a próxima atrocidade acontecerá.Então, o que fazemos quando não podemos ter certeza das nossascircunstâncias? Nós nos abrigamos sob a asa do Único que está acimade todas as circunstâncias! Nossa segurança está no nosso Pai queprometeu nos abraçar não importa o que possa acontecer hoje... nonosso mundo... e aos nossos corpos. Nossas vidas estão protegidaspor nosso Pai porque estamos ligados a Cristo. Ele é nosso refúgio!Suas asas são nosso abrigo! ORAÇÃO:Pai, quais palavras posso oferecer que sejam suficientes paraLhe agradecer e louvar pela libertação que é maior que a morte? OSenhor é o Alfa e o Ômega. O Senhor é o Deus que era e é e há deser. O Senhor é meu Aba Pai, que me adotou e me fez seu. Eu colocominha confiança, minha esperança e meu futuro no Senhor e nãotemerei. Eu encontro meu refúgio sob suas asas! Todo louvor aoSenhor no nome de Jesus. Amém.

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

O DÍZIMO É UMA FORMA DE ORAÇÃO

Se teologia é a arte de pôr em ordem o que pensamos sobre Deus e como nos relacionamentos com ele, oração é teologia.
Se missão é o modo como nos pomos a serviço de Deus como parceiros dele na permanente construção do mundo, oração é missão.
Através de Moisés, Deus entregou ao povo hebreu (e sempre a nós) uma teologia e uma missão, concentradas numa oração. Na verdade, é na oração que estão em face clara a nossa teologia e a nossa missão. É por isto que o dízimo é uma forma de oração.
No Antigo Testamento, havia dois tipos de dízimos (uma era anual e o outro era trienal). Seu uso era distinto. O dízimo anual era levado para o santuário central, sendo uma parte entregue aos levitas (que deviam dar o dízimo da oferta recebida) e outra parte, menor, era servida a todos numa festa. O dízimo trienal era destinado a ajudar os pobres, naquela época representados por três tipos de pessoas marginalizadas: o levita, o estrangeiro, o órfão e a viúva.
O dízimo, portanto, tem a ver com a adoração e com o serviço. Uma igreja que adora mas não serve está usando mal os dízimo que recebe. E a recíproca verdadeira.
O dízimo tem a ver com a adoração de uma forma dupla. Além de servir no sustento das atividades ligadas ao culto, a entrega do dízimo é em si mesmo um ato de culto, ao evidenciar que a terra e o seu fruto (cereais e animais) são dádivas de Deus.
Dizimar não é trocar com Deus. Dizimar é cultuar a Deus.
Ah, se todos entendêssemos.

terça-feira, 6 de setembro de 2011

DEUS INTERVÉM

Imaginemos a seguinte interrogação, bastante honesta: "Se Deus intervém no mundo, não estaria ele indo contra nosso livre-arbítrio?

Deus intervém.
Deus intervém no passado, quando deixou todas as indicações sobre como devemos trafegar pela história que escrevemos. Se nada tivesse feito além de nos deixar o mapa para o caminho, já teria feito muito. Ele intervém negativamente quando experimentamos as consequências de não termos levado a sério as orientações que nos legou. Ele intervém positivamente quando Lhe pedimos para entrar em ação. Por isto, a Biblia é uma resposta estimulante ao tema da atuação de Deus no mundo.
Nela encontramos o mais tenso paradoxo: Deus intervém no presente e ainda continuamos livres. Deus intervém quando Lhe pedimos para a agir, preservado o nosso livre-arbítrio. Deus intervém, quando outras pessoas Lhe solicitam, preservado o livre–arbítrio delas, o que mostra também que o livre-arbítrio não é negado por Deus mas por nós. Um ato irresponsavel (nosso para com o outro, ou vice-versa) é um chute na liberdade. Deus intervém quando respondemos ao Seu convite para fazermos coisas juntos, mudando o curso de algumas coisas.
Deus intervém no futuro, ou naquilo que chamamos de futuro, inexistente para Deus. Do outro lado da montanha é futuro para nós, porque para Ele é presente.

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

O Cminho para o lar;



Aqui estão os elementos chaves pelos quais nos reconciliamos com o Pai. Todos e cada um deles são vitalmente importantes. Se apenas um somente estiver ausente, poderá impedir nosso relacionamento de ser totalmente completo.

Nossa condição: Em primeiro lugar precisamos entender que nós estávamos separados de Deus. O abismo que nos separa de Deus é largo e profundo. Herdamos por nascimento um defeito fatal. Como resultado disso, nós vivemos nossas vidas independentes Dele. A Bíblia destaca esta realidade desoladora: “Porque todos pecaram e carecem da glória de Deus” (Romanos 3:23). Se não podemos aceitar o fato de que o pecado nos separa de Deus, nunca chegaremos a um lugar, porque não sentiremos a necessidade de um Salvador.

O remédio de Deus: Em segundo lugar, necessitamos ter uma compreensão muito clara de quem é Jesus, e o que Ele fez por nós, de maneira que possamos com toda confiança por nossa fé em Jesus. Ele se fez como ponte entre o abismo que nos separava de Deus. Nas palavras do apóstolo João: “Por que Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu Filho unigênito para todo aquele que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.” (João 3:16)

Jesus não foi somente um homem bom, um grande mestre, um profeta inspirado. Ele veio a terra como o Filho de Deus. Nasceu de uma mulher virgem. Teve uma vida sem pecado. Ele morreu. Foi sepultado. Ressuscitou no terceiro dia. Subiu aos céus onde tornou se Nosso Senhor.

A morte de Jesus e ressurreição em nosso favor satisfez as exigências de Deus: uma provisão completa para eliminar nosso pecado. Este Jesus, e somente Ele, esta qualificado para ser o remédio para o nosso pecado.


O arrependimento - pessoal é vital no processo de transformação. Arrependimento literalmente significa “uma mudança na maneira de pensar.” Consiste em dizer ao Pai: “Quero estar contigo e longe da vida que levava independente de Ti. Eu peço perdão pelo que tenho sido e o que tenho feito, quero mudar de maneira permanente. Eu recebo o perdão por meus pecados.”

Neste ponto, são muitos os que experimentam uma notável “purificação” de coisas que haviam acumulado por toda uma vida, todas elas capaz de degradar a alma e o espírito de uma pessoa. Sentimos ou não o perdão de Deus, se nos arrependemos, podemos ter a segurança total de que estamos perdoados. Nossa confiança é baseada na promessa de Deus, e não como sentimos.

Alcançamos uma relação pessoal com o Senhor quando tomamos a maior decisão da vida – o ponto critico que nos referimos anteriormente. Esta decisão consiste em crer que Jesus é o Filho de Deus, aquele que morreu por nossos pecados, que foi sepultado e ressuscitou da morte – e como conseqüência o recebemos como Senhor e Salvador. Quando cremos desta forma, nos tornamos filhos de Deus. Esta prometido expressamente no evangelho de João: “Mas a todos quantos o receberam, aos que crêem em seu nome, deu lhes o direito de ser filhos de Deus” (João 1:12).

Você quer receber a Jesus Cristo como seu Salvador? Se você desejar pode fazer esta oração:

“Senhor Jesus, eu preciso de Ti. Eu me arrependo da vida que tive longe de Ti. Obrigado por morrer na cruz para pagar o preço por meus pecados. Eu creio que és o Filho de Deus e agora eu te recebo como meu Senhor e Salvador. Eu consagro minha vida a te seguir.” ·

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Suellen Lima-A Casa


Como entender que tudo coopera para o nosso bem?

Como entender que tudo coopera para o nosso bem?

“Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.” (Rm 8.28) Talvez este seja um dos versículos mais citados por nós evangélicos, especialmente diante de situações adversas vividas por outras pessoas! Geralmente buscamos conforto e refúgio nesse versículo. Mas muitas vezes, Rm 8.28 é usado meramente como último recurso ou fuga face às complexidades da vida cristã. Quando irmãos conosco as tragédias que atingiram as suas vidas, nos sentimos impotentes, não encontramos palavras capazes de produzir conforto e tranqüilidade, então recorremos a Rm 8.28 e dizemos: “É assim mesmo irmão, todas as coisas cooperam…” No entanto, a experiência cristã tem mostrado que esse versículo é doce e fácil de ser digerido até o momento em que as tragédias da vida não batem a nossa porta e invadem a nossa casa. 
 Esta semana recebi um email com o seguinte conteúdo: (12/06/07) “Não sei se você conhecia um amigo nosso que fez o CLM aqui no passado, o Carlinhos e a esposa Cristina. O Gino e eu fomos ontem à tarde no sepultamento deles em Goiânia. Sofreram um acidente de carro e morreram os dois no local, deixando dois filhos, um de 13 (menina) e o outro de 10 (menino).” Como estas crianças pré-adolescentes irão entender que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus diante da dura realidade de terem perdido pai e mãe no mesmo dia e numa fase da vida tão complicada como a pré-adolescência? Como entender que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus quando se tem uma mãe maravilhosa, uma esposa dedicada, serva de Deus, que aos 55 anos descobre que está com câncer e 43 dias depois vem a falecer? Como entender que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus quando se dedica toda a vida à tradução da Bíblia para um povo indígena na Colômbia, depois de publicado os guerrilheiros queimam todos os exemplares? O missionário vem para o Brasil começa um processo de revisão desse NT que fora queimado e aí descobre que está com câncer na medula. Pede a Deus apenas duas coisas: dê-me ainda mais um tempo para que eu possa completar esta revisão e ver os meus netos crescerem. Obtém como resposta NÃO, e pouco tempo depois morre. Como entender? O apóstolo Paulo nos deixou nesse texto algumas orientações que, se forem bem assimiladas por nós, nos proporcionarão maturidade cristã, e nos capacitarão a lidar com as tragédias de forma menos dramática. Observem: não de forma calma, tranqüila, mas de forma menos dramática. Para entendermos que Deus manobra todas as coisas (inclusive tragédias) para o bem daqueles que o amam, é preciso que tenhamos em mente que… 1. Deus trabalha em cima de projetos eternos. VS. 29,30 Observemos o resumo que Paulo faz do projeto eterno de Deus em relação aos seus. …conheceu de antemão… Predestinou… Essas duas ações divinas se deram na eternidade. …chamou… Justificou… Essas outras duas ações divinas se deram, aconteceram num momento histórico das nossas vidas. Ele nos chamou através da pregação da sua Palavra. Quando respondemos positivamente ao seu chamado, ele nos declarou justos em Cristo Jesus. …glorificou… Esta última ação divina se dará no futuro, no momento da vinda de Jesus. Ocorrerá no futuro? Ou já ocorrera no passado? Essa declaração de Paulo é considerada a mais ousada expressão de fé das escrituras. A glorificação dos servos de Deus se dará em algum momento no futuro, mas ele fala dela como já consumada no passado. O princípio que podemos extrair desses versículos é que o que Ele planejou na eternidade acerca das nossas vidas tem o seu desfecho final garantido. Independentemente dos contratempos e das tragédias que atingem as nossas vidas hoje. Amados, o Senhor nosso Deus trabalha em cima de projetos eternos, de sorte que pra Ele não existe surpresas, acontecimentos inesperados, tragédias repentinas. Para Ele está fora de cogitação declarações tais como: “Não tive o controle da situação! Sinto-me impotente diante do que está acontecendo! Tudo aconteceu tão de repente!!!” Todas essas coisas fazem parte da nossa experiência. De fato, nós somos surpreendidos por algumas tragédias, por desastres, por perdas repentinas; nós nos sentimos impotentes diante de sofrimentos prolongados vivenciados por nós ou por pessoas intimamente ligadas a nós. De fato nós não conseguimos entender nem perceber que todas as coisas vão cooperar para o nosso bem. Isso é fato! · Na verdade, algumas tragédias, alguns desastres, algumas perdas e alguns sofrimentos. São entendidos e explicados com o tempo. (José do Egito). “Vós na verdade, intentaram o mal contra mim, porém Deus o tornou em bem…” Gn 50.20a. · Outras e outros, porém, nos atingem aqui, mas os seus motivos e as suas razões se processam numa dimensão acima da nossa, os quais ficam sem explicação para nós. De maneira que, quando tentamos ou alguém tenta oferecer uma explicação plausível, tece comentários e chega a conclusões equivocadas. · Jó sofreu uma tragédia familiar, uma tragédia financeira, uma tragédia física, e uma tragédia matrimonial. O que se passava com Jó aqui na terra eram efeitos, resultados, de algo que se processava numa dimensão espiritual que ele desconhecia. Todos os seus amigos que tentaram oferecer explicações plausíveis, falaram bobagens. Em situações como esta de Jó, em que as tragédias ficam sem explicações e nós não conseguimos enxergar como essas coisas vão cooperar para o nosso bem, precisamos entender que para Deus, numa dimensão espiritual acima da nossa, todas as coisas estão perfeitamente claras e são perfeitamente explicáveis. Precisamos descansar e confiar, que de alguma maneira, que nós desconhecemos, Ele promoverá o bem para nós porque Ele trabalha em cima de projetos eternos. Mas em segundo lugar, para entendermos que Deus manobra todas as coisas para o nosso bem (inclusive as tragédias), preciso que tenhamos em mente que… 2. O laço amoroso de Deus para conosco não se rompe mesmo diante das piores tragédias da vida v.35 No v.35 Paulo faz uma pergunta retórica “Quem nos separará do amor de Cristo?” ao fazer esta pergunta Paulo não estava em busca de respostas. Ele a fez simplesmente para fins de argumentação; para enfatizar uma verdade que ele já sabia. Em seguida ele passa a alistar uma série de circunstâncias incômodas que quando estamos no meio delas temos dificuldade de perceber e entender o amor de Deus por nós. V. 35. O que Paulo está enfatizando com estás duas perguntas retóricas e que nenhuma dessas circunstâncias incômodas, nenhuma tragédia da vida é capaz de romper o laço do amor de Deus para conosco. Mas, pastor, como entender o amor de Deus por nós diante das tragédias da vida?… diante de um casamento desfeito?… diante do abandono do marido?… diante da morte dos pais quando ainda se é muito novo?… diante das agonias de um parente com uma doença incurável?… diante do fato de ter sido e ainda ser rejeitado?… quando se perde o emprego ou a fonte de renda para o sustento da família?… quando se é abandonado pelos pais?…quando Ele remove das nossas vidas as pessoas que mais amamos? Em circunstâncias como essas é extremamente difícil perceber e entender o amor de Deus. No entanto, nas Escrituras, o Senhor afirma e reafirma o seu amor para com o seu povo, especialmente em circunstâncias em que o povo sente o abandono e o desamparo do Senhor. Em Is 49.14,15 está escrito: “Mas Sião disse: O Senhor me desamparou o Senhor se esqueceu de mim. Pode uma mãe esquecer-se do filho que ainda mama, de modo que não se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse, eu, todavia, não me esquecerei de ti.” No Sl 27.10 Davi fala desse amor imutável do Senhor: “Ainda que meu pai e minha mãe me desamparassem, o Senhor me recolheria.” Observemos que para afirmar e reafirmar a imutabilidade do seu amor para conosco, até mesmo em meio as tragédias da vida o Senhor usa como ponto de comparação o mais elevado nível de amor nos relacionamentos humanos: o amor dos pais para com os filhos. Portanto, tenhamos sempre em mente que o laço amoroso de Deus para conosco não se rompe mesmo diante das piores tragédias da vida. Mas em terceiro lugar, para entendermos que Deus manobra todas as coisas (inclusive as tragédias) para o nosso bem, é preciso que tenhamos em mente que… 3. O laço amoroso de Deus para conosco ultrapassa os limites da própria morte. Vs. 38,39 A morte impõe limites a existência terrena, mas Paulo diz que nem mesmo ela põe fim à ligação amorosa de Deus para com os seus servos, nem mesmo ela rompe, quebra, desfaz o laço amoroso de Deus para com os seus filhos. Desde novo convertido eu aprendi que a Bíblia fala de três tipos de morte: física, espiritual e eterna. Também aprendi que o conceito básico que inclui esses três tipos de morte é separação. Separação do espírito e do corpo, separação da comunhão com Deus, separação eterna do Criador. Se este conceito de morte estiver teologicamente correto, o que Paulo está dizendo é que nem mesmo a “separação poderá nos separar do amor de Deus”. Na experiência humana a morte é o ponto alto, o ápice de uma tragédia. Tragédias que terminam com a morte de pessoas, são mais angustiantes e dramáticas. Entender o amor de Deus em tragédias desse tipo é muito difícil do que em qualquer outra situação. Geralmente as pessoas acham que se Deus as amasse não teria tirado a vida do seu ente querido; se Deus amasse o seu ente querido não teria permitido que ele morresse numa situação como aquela. Pensamentos como estes geram revoltas, abalam a fé, levam muitas pessoas a desacreditarem do amor de Deus. Em momentos assim é preciso maturidade cristã, é preciso visão correta da morte: Deus não deixou de nos amar porque o nosso ente querido morreu de forma tão trágica, Ele não deixou de amar o que foi vítima da tragédia, porque o seu laço amoroso para conosco, diz Paulo, ultrapassa os limites da própria morte. Amados esses meus 22 anos de evangelho, uma das declarações mais belas que eu já ouvi face à dura realidade da morte foi de um indígena. Fazendo uma visita para uma irmã de sua comunidade que estava com câncer em estado terminal, ele disse: “vá minha irmãzinha, vá em paz! O câncer pode comer a sua carne, mas não pode comer o seu espírito”. (Senhor Jair – etnia Dâw). Esse homem tão simples, na simplicidade da sua fé, expressou maturidade, visão correta da morte. Mesmo matando-a, o câncer não seria capaz de pôr fim à sua existência espiritual, ao seu relacionamento com Deus numa outra dimensão, de desfazer, de romper o laço amoroso de Deus para com sua serva. Em outras palavras, Paulo já havia falado sobre isso na carta aos Romanos 14.7,8: Porque nenhum de nós vive para si mesmo, nem morre para si. Porque, se vivemos para o Senhor vivemos; se morremos para o Senhor morremos. Quer pois, vivamos ou morramos, SOMOS DO SENHOR. Pr. Paulo César Nascimento.

sábado, 6 de agosto de 2011

Versículo do dia

E procurai a paz da cidade, para onde vos fiz transportar em cativeiro, e orai por ela ao SENHOR; porque na sua paz vós tereis paz.

Jeremias 29:7

domingo, 31 de julho de 2011

segunda-feira, 25 de julho de 2011

VOCÊ NASCEU PARA DAR CERTO!

 

Você nasceu pra dar certo!


 Quantas e quantas vezes nós nos rebaixamos a nada quando vemos a adversidade chegar, e nos comportamos como um derrotado ou perdedor, mas hoje Deus quer te dizer que você não é qualquer um que ninguém da valor. Você é filho de Deus, você é chamado por Deus para ser ministro de Deus na Terra, você é o sal da Terra e a luz do mundo e precisamos tomar posse dessa palavra.
 A palavra de Deus diz eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito. Pensamentos de bem e não de mau para te dar o fim que desejais. O que Deus tem pra você só Ele sabe, nem eu e nem você podemos imaginar. Por isso não podemos nos comportar como derrotados, como largados e órfãos, por que Jesus disse que ia, mas não nos deixaria órfãos porque nos deixaria o Espírito Santo para nos consolar.
 A palavra de Deus diz que você é primicia para Deus, você é instrumento de bênção nas mão de Deus, você foi feito a imagem e semelhança de Deus, e Deus não um derrotado e por isso você também não pode ser um, muito pelo contrário, a palavra de Deus diz que em todas essas coisas somos mais que vencedores, em todas as adversidades, dificuldades, lutas, você nem é vencedor, e sim, mais que vencedor por meio daquele que nos salvou. Acredite, creia, viva essa palavra, sinta essa palavra falar ao seu coração e as vitórias de Deus cairão sobre a tua vida. Porque quando Deus te fez Ele já te separou e já te santificou, como está escrito no livro de Jeremias capítulo 1 e versículo 5, que diz que "Antes que eu te formasse no ventre, eu te conheci, e, antes que saísse da madre, te santifiquei e às nações te dei por profeta". Nessa passagem podemos ver que Deus é tão grande e tão maravilhoso que antes mesmo dele nos colocar dentro da barriga de nossas mães Ele já nos conhecia, isso quer dizer que tudo aquilo que você diz pra Deus Ele já sabia, mas mesmo assim a palavra dele diz que Ele se enclina para ouvir o nosso clamos.
 Deus te fez para dar certo, ele te fez pra ser instrumento usado por Ele, tome posse dessa palavra profética para a sua vida.

domingo, 17 de julho de 2011

QUEM É JESUS?

Para o cego, Jesus é luz.
Para o faminto, Jesus é o pão.
Para o sedento, Jesus é a fonte.
Para o morto, Jesus é a vida.
Para o enfermo, Jesus é a cura.
Para o prisioneiro, Jesus é a liberdade.
Para o solitário, Jesus é o companheiro.
Para o mentiroso, Jesus é a Verdade.
Para o viajante, Jesus é o caminho.
Para o visitante, Jesus é a porta.
Para o sábio, Jesus é a sabedoria.
Para a medicina, Jesus é o médico dos médicos.
Para o réu, Jesus é o advogado.
Para o advogado, Jesus é o Juiz.
Para o Juiz, Jesus é a justiça.
Para o cansado, Jesus é o alívio.
Para o medroso, Jesus é a coragem.
Para o agricultor, Jesus é a árvore que dá fruto.
Para o pedreiro , Jesus é a pedra principal.
Para o jardineiro, Jesus é a Rosa de Sharon.
Para o floricultor, Jesus é o lírio dos vales.
Para o tristonho , Jesus é a alegria.
Para o leitor, Jesus é a palavra.
Para o pobre, Jesus é o tesouro.
Para o devedor, Jesus é o perdão.
Para o aluno, Jesus é o professor.
Para o professor, Jesus é o mestre.
Para o fraco, Jesus é a força.
Para o forte, Jesus é o vigor.
Para o inquilino, Jesus é a morada certa.
Para o incrédulo, Jesus é a prova.
Para o fugitivo, Jesus é o esconderijo.
Para o obstinado, Jesus é o conselheiro.
Para o navegante, Jesus é o capitão.
Para o soldado, Jesus é o general.
Para a ovelha, Jesus é o bom pastor.
Para o problemático, Jesus é a solução.
Para o holocausto, Jesus é o cordeiro.
Para o sábado, Jesus é o Senhor.
Para o astrônomo, Jesus é a estrela da manhã.
Para os magos, Jesus é a estrela do oriente.
Para o mundo, Jesus é o salvador.
Para Judas, Jesus é inocente.
Para os demônios, Jesus é o Santo de Deus
Para o tempo, Jesus é o relógio de Deus.
Para o relógio, Jesus é a última hora.
Para Israel, Jesus é o Messias.
Para as nações, Jesus é o desejado.
Para a Igreja, Jesus é o noivo amado.
Para o vencedor, Jesus é a coroa.
Para a gramática, Jesus é o verbo.
Para Deus, Jesus é o Filho amado.
Pra mim, JESUS é o grande EU SOU, meu SALVADOR
minha Vida meu Grande Amor o meu TUDO
E pra você, quem é JESUS?

domingo, 3 de julho de 2011

Para Meditar!!

QUE DIFERENÇA FAZ UMA ESTAÇÃO?

            Um homem tinha quatro filhos. Ele queria que seus filhos aprendessem a não julgar as coisas de modo apressado, por isso mandou cada em uma viagem, para observar uma goiabeira que estava plantada em um distante local.
            O primeiro filho foi lá no inverno, o segundo na primavera, o terceiro no verão e o quarto no outono.
            Depois que todos partiram e retornaram, o pai os reuniu e pediu que cada um descrevesse o que tinha visto.
O primeiro filho, que foi no inverno, disse que a árvore era feia, torta e retorcida. O segundo filho que foi na primavera, disse que ela era recoberta de botões verdes e cheia de promessas. O terceiro filho, que foi no verão, discordou dos irmãos e disse que a árvore estava coberta de flores  com um cheiro tão doce e eram tão bonitas, que ele arriscaria dizer que eram a coisa mais graciosa que já tinha  visto. O último filho, que foi no outono, discordou de todos eles e disse que a árvore estava carregada e arqueada, cheia de frutas, cheia de vida...
O homem então explicou a seus filhos que todos eles estavam certos, porque eles haviam visto apenas uma estação da vida da árvore...
Ele explicou que não se pode julgar uma árvore ou uma pessoa, por apenas uma estação, e que a essência de quem eles são, o prazer, a alegria e o amor que vem daquela vida podem apenas ser medidos ao final, quando todas as estações estão completas.
Se você desistir quando for inverno, você perderá a promessa da primavera, a beleza do seu verão e a expectativa do outono. Não permita que a dor de uma estação destrua a alegria de todas as outras. Não julgue a vida apenas por uma estação difícil. Persevere através dos caminhos difíceis e melhores tempos certamente virão de uma hora para outra!!!
Lembre-se: “O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã” (Salmos 30.5)
“No mundo tereis aflições. Mas tende bom ânimo! Eu venci o mundo.” (João 16.33)                           
                                                  Fonte: alemdosolbloguedemusica.com

Pense nisso!!!


A Pedra
O distraído nela tropeçou...
O bruto a usou como projétil.

O empreendedor, usando-a, construiu.
O camponês, cansado da lida, dela fez assento.
Para meninos, foi brinquedo.
Já, Davi, matou Golias.
E em todos esses casos, a diferença não esteve na pedra, mas no homem!
Não existe "pedra" no seu caminho que você não possa aproveitá-la para o seu próprio crescimento

Para Meditar!!

BARNABÉ
Leitura Bíblica: Atos 4. 36-37
Ele era um homem bom, cheio do Espírito Santo e de fé; e muitas pessoas foram acrescentadas ao Senhor” (At. 11.24)
Barnabé é daqueles homens de fé de que pouco ouvimos falar. Alguém cujo nome não está no título de nenhum livro bíblico, e cuja história é narrada em alguns poucos versículos da Bíblia. Barnabé era um judeu pertencente à tribo de Levi, que fora destinada ao sacerdócio de Deus. Havia, porém nascido na ilha de Chipre, um local de cultura grega. O nome de nascimento dele era José – por que então o chamaram Barnabé?
Esse “apelido” significa filho da consolação. Consolar, animar e exortar eram tarefas essenciais na vida dos apóstolos de Jesus. No entanto, para Barnabé, consolar era um dom que ele exercia com muita alegria e desprendimento. Era visto como um homem bom, em quem o Espírito de Deus habitava plenamente e que demonstrava fé no Senhor Jesus Cristo.
Na língua grega consolar significa literalmente “chamar de lado”. O consolador coloca-se ao lado de outra pessoa para auxiliá-la naquilo que pode edificar sua vida.
Consolar significa mais do que dizer palavras bonitas, floreios, versos decorados. Consolar é colocar-se ao lado de quem sofre. Não é ser simpático, é ser empático, isto é, dispor-se a sentir a mesma dor que o outro sente. Quem consola não precisa falar, precisa antes estar ao lado, disposto a abraçar, amar, servir, orar e, se a ocasião permitir, compartilhar algo da Palavra de Deus.
Em alguns momentos, a consolação terá o caráter de exortação. Colocar-se ao lado de quem está errado implica ajudá-lo a ver seus erros e reconduzi-lo ao caminho da verdade. O objetivo é sempre levantar o que está caído, ajudá-lo em sua angústia e firmá-lo para que prossiga sua caminhada junto ao Senhor Jesus. Muitas pessoas foram acrescentadas ao Senhor por meio da consolação que Barnabé ofereceu. Quando alguém estiver sofrendo ao seu lado, seja qual for o motivo, estenda sua mão e ofereça o consolo do Senhor.                          
                                                           
                                              Fonte: Pão Diário- Alexander Stahlhoefer

sábado, 2 de julho de 2011

Medite nisso

Sábado, 2 de Julho, 2011

VERSÍCULO:
“E eu santificarei o meu grande nome, que foi profanado entre os
gentios, o qual profanastes no meio deles; e os gentios saberão que
eu sou o SENHOR, diz o Senhor DEUS, quando eu for santificado aos
seus olhos”.
-- Ezequiel 36:23

PENSAMENTO:
Você já ponderou sobre o que aconteceria se todo o povo de Deus
de cada nação se humilhasse, arrependido, e pedisse que Deus
revelasse a sua santidade às nações?

ORAÇÃO:
Todo poderoso e santo Deus, arrependo-me dos meus pecados que
mancharam o meu testemunho aos meus amigos. Estou arrependido pelos
pecados da minha nação e como temos nos desviado do Seu caminho.
Por favor, perdoe-nos e aja poderosamente para revelar-se no nosso
dia, em toda a sua santidade. No nome de Cristo Jesus eu oro. Amém.

sábado, 11 de junho de 2011

Mensagem para hoje

Reflexão Bíblica em Lucas 6.4

VERSÍCULO:“(Davi) entrou na casa de Deus e, tomando os pães da Presença,comeu o que apenas aos sacerdotes era permitido comer, e os deu também aos seus companheiros”.Lc 6:4.

PENSAMENTO:Os pães da Presença, o pão sagrado que ficava diante do Senhor por uma semana, só deveria ser comido pelos sacerdotes (Lev24:8-9). Como o mandamento de guardar o sábado, esta era uma ordenança de Deus. No entanto, Davi comeu desses pães (1 Sam21:1-6) e não sofreu condenação. Pelo contrário, foi Davi que Deus chamou um homem segundo o seu coração, que faria "tudo o que for da minha vontade" (Atos 13:22). Na sua época, Davi, como Jesus,parecia para alguns um "fora da lei". No entanto, ele compreendia a verdadeira intenção de Deus. Jesus não estava encorajando desobediência a Deus ou uma atitude casual em relação às Escrituras. Na verdade, Jesus estava incentivando o contrário. Avisão de um Deus severo que só espera suas criaturas falharem para daí eliminá-los é contrária às Escrituras. Em relação a pessoas que vêem Deus assim, Edward Fudge observou: "não é que elas reverenciam demais a Bíblia, mas que não a reverenciam o suficiente. Elas não a reverenciam o suficiente para ler em seu contexto, deixá-la falar por si mesma, ou notar o que ela realmente diz." A santidade e as coisas sagradas têm um propósito superior a qualquer outro - a salvação do homem. Matar um homem, ou deixá-lo morrer de fome para preservar coisas sagradas, é uma inversão da vontade de Deus. Ou,como Jesus bem disse no relato de Marcos desta ocasião: "O sábado foi feito por causa do homem, e não o homem por causa do sábado."(Mc 2:27).
Fonte:www.hermeneutica.com.br

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Medite nisso

"Nunca permitas, sob qualquer hipótese, que passe um dia se quer sem que tenhas pelo menos uma hora para a tua vida devocional"
   John Wesley

domingo, 5 de junho de 2011

Meditação para nosso dia a dia

Domingo, 5 de Junho, 2011

VERSÍCULO:
“Pelo que também rogamos sempre por vós, para que o nosso Deus
vos faça dignos da sua vocação, e cumpra com poder todo desejo de
bondade e toda obra de fé”.
-- 2 Tessalonicenses 1:11

PENSAMENTO:
Paulo pede que Deus aja nas vidas desses novos cristãos – para
maximizar o bem que pretendem fazer, assim como abençoar
completamente cada boa obra que fazem por causa do seu compromisso
de fé. Você conhece um novo cristão que precisa desta oração?

ORAÇÃO:
Forte e Poderoso Pai, por favor abençoe vários novos cristão que
estão no meu coração hoje... Ajude-os a reconhecer a presença do
Senhor nas suas vidas. Por favor, maximize o bem em cada esforço
que fazem e cada intenção que têm para honrá-lo e abençoar seu
povo. Proteja-os do mal. No nome de Jesus eu peço esta benção.
Amém.

terça-feira, 31 de maio de 2011

sábado, 21 de maio de 2011

Bom final de semana a todos

Meditação do dia

Sábado, 21 de Maio, 2011

VERSÍCULO:
Ajuda-nos, ó Deus da nossa salvação, pela glória do teu nome;
livra-nos, e perdoa os nossos pecados, por amor do teu nome.
-- Salmos 79:9

PENSAMENTO:
Tenho certeza que às vezes Deus se desanima com nosso
comportamento e nossa falta de interesse em buscá-lo. Tenho certeza
que há momentos em que ele nos abençoa somente porque somos seu
povo e usamos o nome dele. Mas quando clamamos, confessando nossos
pecados e defeitos, ele ainda é nosso Salvador. Mesmos quando não
somos o que deveríamos ser, Deus pode agir pela compaixão e
preservar a glória do seu nome.

ORAÇÃO:
Santo e justo Deus, nosso Salvador e Aba Pai, por favor,
perdoe-nos pelos nossos pecados, rebelião, fracassos e duplicidade.
Livre-nos, não apenas das conseqüências do nosso pecado, mas também
da mediocridade que permeia nosso compromisso com o Senhor.
Incendeie o seu zelo santo em nós para buscar a sua glória e a
glória do seu nome. Somente Tu, Ó Deus, és nosso Salvador! No nome
de Jesus eu oro. Amém.

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Para Meditar!!

O homem que observa atentamente a lei perfeita, que traz a liberdade, e persevera na prática dessa lei, não esquecendo o que ouviu, mas praticando-o, será feliz naquilo que fizer. (Tg 1, 25)

quinta-feira, 28 de abril de 2011

CULTO PERIGOSO

Leitura Bíblica: 4.1-16
“Caim trouxe do fruto da terra uma oferta ao Senhor.”(Gn. 4.3)
            Uma das maiores insistências dos religiosos é que seus amigos freqüentem uma igreja. Muitos cristãos são até mesmo impertinentes com seus colegas, convidando-os para visitarem sua igreja. Sem dúvida, ir à igreja e cultuar a Deus é uma idéia muito boa. Afinal não custa nada gastarmos um tempo para dizer obrigado a Deus por tantas bênçãos. Apesar disso, nem todo mundo pode imaginar que cultuar a Deus pode se tornar algo muito perigoso. Em Gênesis 4 encontramos uma história que ilustra essa realidade. Caim e Abel foram prestar um culto a Deus. Como Caim ofereceu um culto inadequado, Deus rejeitou a oferta trazida por ele. Diante disso Caim, foi tomado de inveja e acabou matando seu irmão Abel. Quem diria! O primeiro assassinato da história começou em um culto! Poderia a igreja se transformar no lugar mais perigoso do mundo? Parece que sim!
            Uma olhada atenta em Gênesis 4, nos revelará que Caim ofereceu “qualquer coisa”, para Deus, enquanto Abel escolheu o melhor. A atitude de Caim foi o início de uma queda livre em direção ao pecado e a morte. Desprezando a Deus, ele o considerou alguém comum. Depois, dominado pela inveja, atacou seu irmão e o matou. E apesar da insistente graça divina que buscou Caim tantas vezes, sua atitude foi sempre de justiça própria e de rebelião. Caim torna-se o retrato de quão terrível é a falsa religião.
             Quando olhamos com atenção para a história de Caim, vemos que os piores problemas de sua vida começaram muito pequenos. Por isso, devemos ter muito cuidado. É assustador, mas é verdade: o primeiro homicídio da história teve início num culto feito de qualquer jeito! Peçamos a Deus que nos livre de erro tão fatal.
            “Quem crê em Deus e sua palavra aceita, deve prestar-lhe adoração perfeita.”
                                                                          Fonte: Pão Diário    - Luiz Sayão

segunda-feira, 25 de abril de 2011

GMUH 2011

Se Deus é por nós quem será Contra nós.
Está acontecendo e Camboriú Santa Catarina o maior congresso  de missóes, dos GIDEÕES MISSIONÁRIO DA ULTIMA HORA (GMUH) de 23/04/2011 a 03/05/2011 acessem a assista  on line http://www.gmuh.com.br/ certamente Deus tem uma benção para sua vida, os cultos começam 8:00 horas da manha e termina depois das 22:00 horas é benção Pura são muitos cantores de todo Brasil que se fazem presentes para louvar a Deus, e mais três mensagens  pregadas por dia, de manhã, a tarde, e a noite.

domingo, 24 de abril de 2011

GIDEÕES MISSIONÁRIO DA ULTIMA HORA

COMEÇOU ONTEM 23/04/2011 O MAIOR EVENTO MISSIONÁRIO DO MUNDO ASSISTA ON LINE
www.gmuh.com.br, seja abençoados com as mensagens poderosas da parte de Deus para nossas vida.

Cristo está vivo

Aleluia Ele Ressucitou e está vivo, Ataravés e sua morte nós fomos salvos, lavados e remidos por seu sangue.

sábado, 23 de abril de 2011

Feliz Pascoa

Quantas vezes na sua vida você precisa bater na "porta da vida" de uma outra pessoa, para quem sabe você suportar o momento presente?
Alegrias e tristezas não foram feitas para serem vividas na solidão...
E então nós saímos da nossa casinha e vamos na busca de outra. Não porque a gente não gosta da nossa, é porque na verdade a nossa não nos dá tudo aquilo que a gente precisa naquele momento...

"Amar é mudar de casa", como sugere o poeta...

E na experiência de nós nos amarmos nós vamos descobrindo então o significado da misericórdia, quando você percebe que dentro de você existe uma disponibilidade de amar aquele que não merece ser amado...
E existe uma possibilidade de você se aproximar do sentimento de Jesus e sua capacidade de amar os que não mereciam amor, e de olhar os que não mereciam olhares, e de falar com aqueles que não mereciam palavras...
E você começa experimentar na sua carne, o quente da vida, o sabor, o calor, de tudo aquilo que verdadeiramente foi tocado pela misericórdia...
Cada vez que meu coração se fecha para não ser "casa do outro", ou cada vez que eu me recuso a não receber um "inquilino" que passa pela minha vida, seja através de um olhar, seja através de uma palavra, através de um abraço, um gesto carinhoso, eu me empobreço, porque a gente foi feito para ser "casa que abriga aquele que precisa..."
Pode ser que hoje você tenha uma pontinha de desolação no seu coração, pode ser que hoje você tenha uma sensação de inutilidade, porque pode ser que você hoje não tenha se exercitado nesta possibilidade de "ser casa para aquele que não tem, de ser amor para aquele que não é amado, de ser olhar para aquele que não é olhado, de ser ouvido para aquele que não pode ser ouvido e quem sabe, ser um aconchego para aquele que está no desalento, no desalento da vida, na solidão mais doída que hoje dói no mundo, aí em alguns lugares..."
Há tanta solidão nesse mundo, há tanta gente sem casa. Não apenas a casa material, mas há muita gente que hoje está alojado em grandes mansões, mas não tem uma "casa humana" para chegar....
Peço a Deus que a gente construa casas de pedra sim, casas de afeto, casas que possam ser referência para os nossos vizinhos...
"Ali existe um coração que quando eu preciso eu encontro, eu encontro o abrigo necessário..."

E então poderemos dizer bíblicamente:

“Ele está no meio de nós! O ressuscitado passa pela nossa vida, acontece em nós, é afeto através dos nossos afetos, é braço através dos nossos braços, é ternura na nossa ternura..."
Páscoa não é um acontecimento de um dia, mas é a mística de uma religião que nos leva o tempo todo para sermos Ele de novo!
Essa é a pretensão de Cristã. Celebrar a páscoa é você saber e dizer e ostentar essa verdade:
"O Ressuscitado está em mim. O Ressuscitado sobrevive em mim e Ele me coloca no mundo como casa para abrigo, para trazer, para ser lugar daqueles que não tem..."

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Versículo do dia

“Nisto está o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou a nós, e enviou seu Filho como propiciação pelos nossos pecados. I João 4:10”

quarta-feira, 20 de abril de 2011

SEMENTES DA FÈ!!!

Nos braços do Pai eu vou repousarE crer nas promessas de Deus para mimE com oração eu irei plantar sementes da fé...E o meu louvor será como aduboFará com que os frutos comecem crescerE as minhas lágrimas serão pra regar sementes da féSe tentaram apagar tudo aquilo que Deus prometeuE feridas se formaram sobre tiSaiba que Deus de ti não esqueceuEle atende o teu pedidoVocê plantou e um novo tempo a ti chegouPode adorar e exaltar ao Rei dos reisPorque hoje Ele traz a vocêTraz a cura, traz avivamento, traz soluçãoTudo que pediu e esperou, receba agora em tuas mãosPode colher que os frutos da fé agora brotaramFOI FEITO PARA QUE VOCÊ REPOUSE NO SEU LAR A SUA PAZ O SEU AMORO SEU LOUVOR A TUA TERNURA A HARMONIA E A FELICIDADE CREIAQUE AOS OLHOS DO PAI TU ES UM GIGANTE ELE NÃO QUER SABERSE VOCE E RICO OU POBRE FEIO OU BONITO ELE QUER SABER DO SEU CORAÇÃO DA TUA BONDADE DO TEU AMOR DA TUA CARIDADE E FRATERNIDADE DO SEU CARINHOE DA TUA PAZ ESPIRITUAL AMEM ENTÃO REPOUSE MEUS AMADOS NESTAS PALAVRAS E FIQUEM NA PAZ DO SENHOR JESUS!!!!

fonte: Blog do Valter Coutinho

sábado, 16 de abril de 2011

AS FASES DO CRENTE!!

“ Os que confiam no Senhor serão como os montes de Sião que não se abalam mas permanecem para sempre ...“ SL 125

Em nossa jornada de fé é certo que seremos mais que vencedores e é fato que teremos momentos em que os revezes serão visíveis em nossas vidas, viveremos dias no deserto, caminharemos pelos vales porém no momento de Jesus Cristo, chegaremos ao monte do Senhor e a Graça do Pai será marcante em nossas vidas.
Vejamos uma abordagem sobre cada uma destas fases em nossas vidas:
→ DESERTO
- Lugar aonde tudo é difícil
- Angústia
- Medo
- Necessidade de algo,
- Solidão
- Expectativas frustradas
- Sonhos não realizados
- Vontade de desistir de tudo
Deus no silêncio trabalha em nosso favor...
Lembra como ele atuou na vida de José, quando ele foi vendido por seus Irmãos ?
Deus trabalhou em secreto em seu favor, enquanto ele:
- Portou-se firme na presença de Deus
- Colocou Deus em primeiro plano em sua vida
- Honrou ao Senhor
→ VALE
- O vale é um lugar de abandono aonde as pessoas esquecem-se de você
- No vale você não tem amigos não tem parentes não tem conselheiros
- No vale você aprende a estar a sós com Deus ali você ora, chora, geme, clama, busca, passa pelo estreito de DEUS, você aprende a ser obediente, você luta como Jacó lutou até raiar a manhã
- No monte tudo é lindo, maravilhoso
- No monte você consegue ver por onde passou, e então glorifica a Deus por ter lhe amparado todos aqueles dias
- No monte a visão é diferente, ampla, você olha e diz...
Verdadeiramente Deus esteve comigo e não me desamparou ...
Em nossa vida é certo que erramos e o importante é aprender com estes erros:
A vida de Jacó
Jacó não desistia facilmente. Serviu com fidelidade a Labão por mais de 14 anos. Mais tarde, lutou com Deus. Embora Jacó tenha cometido muitos erros, seu trabalho intenso nos ensina a como viver uma vida a serviço de Deus.
- Sua astúcia para adquirir o direito de primogenitura 27:1-29
- Sua visão da escada celestial, 28:10-22
- Os incidentes relacionados ao seu matrimônio e sua vida em Padã-Arã, caps. 29, 30 e 31
- Jacó constitui uma família.
- Jacó volta para casa.
- Deus o honrou no encontro com seu irmão ESAÚ
→ Monte
- Pouca gente sabe que o termo "Sião" encontrado muitas vezes nos Salmos, e também utilizado pelos profetas tem um significado muito profundo e atentando com mais detalhe podemos tirar alguns ensinamentos úteis e proveitosos para a nossa vida cristã de hoje.
- Sião, ou Jerusalém, ou Cidade da Paz ou ainda Cidade de Davi, era uma região cercada de montes e constituía uma fortaleza natural contra invasores estrangeiros.
- O Monte de Sião, também chamado de Cidade superior, foi um termo usado pelos profetas para designar o Templo do Senhor ou a parte da cidade ocupada por este Templo.
- Sião é a "Cidade de Davi". II Sm 5:7
- Sião é lugar de Confiança e Segurança. Salmos 125:1,2
- Sião é lugar seguro. Não se abala está cercado de montes. E o Senhor está em volta do Seu povo, proporcionando proteção e segurança desde aquela época e para sempre, incluindo-nos nesse contexto, estendendo a benção até nós.
- Sião é lugar de Bênçãos. Salmos 133:3, Salmos 134:3, Salmos 51:18, Salmos 128:5
- Ali o Senhor ordenou a benção e a vida. Não importa o que aconteça, que lutas ou problemas ou tribulações venham, pois hão de passar, porque ali é lugar de bênçãos.
- Sião é Morada de Deus. Is 8:18, Sf 3:16,17 Salmos 9:11, 76:2, 135:21
- Se o Senhor mora nesse lugar, se já ordenou a benção e a vida, se prometeu proteção e segurança, esse lugar é um lugar feliz.
- Mas o que Sião tem a haver comigo? Pode-se pensar. O escritor aos Hebreus responde: "Mas vós chegastes ao Monte de Sião, e à Cidade do Deus Vivo, à Jerusalém Celestial e aos muitos milhares de anjos". Heb 6:22
- O cristão salvo e lavado pelo Sangue do Cordeiro mora em um novo endereço: JERUSALÉM CELESTIAL. E nesse novo endereço encontramos as mesmas bênçãos destinadas a Sião: confiança, segurança, presença constante do Deus Vivo e alegria.
- Aqui se diferencia o cristão pelo seu "endereço", pois muitos ainda insistem em viver em "outros" endereços, não querendo viver ao lado do Deus Vivo.
- Deixe Deus administrar sua vida, seus negócios, seu trabalho, seu dia-a-dia, seu tempo, reivindique o novo endereço e mude-se para a celestial Sião e verá como vai ser diferente, aqui mesmo na terra.
- "O Senhor que fez o céu e a terra, te abençoe desde Sião" Salmos 134:3

Fonte: www.assembleiadedeus.org.br
BLOG DO CANTOR MOSÉS VIEIRA

segunda-feira, 11 de abril de 2011

medite

Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração."
(Hebreus 4 : 12) “A má teologia desonra a Deus e destrói as pessoas.” - Pr John Piper

sábado, 9 de abril de 2011

SALMOS 37 - MEDITE

Salmo 37
Não te indignes por causa dos malfeitores,
nem tenhas inveja dos que praticam a iniquidade.

Pois em breve murcharão como a relva, e secarão como a erva verde.

Confia no Senhor e faze o bem; assim habitarás na terra,
e te alimentarás em segurança.

Deleita-te também no Senhor,
e ele te concederá o que deseja o teu coração.

Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele tudo fará.

E ele fará sobressair a tua justiça como a luz,
e o teu direito como o meio-dia.

Descansa no Senhor, e espera nele, não te indignes por causa daquele que prospera em seu caminho,
por causa do homem que executa maus desígnios.

Deixa a ira, e abandona o furor,
não te indignes, pois isso só leva à prática do mal.

Porque os malfeitores serão exterminados, mas aqueles
que esperam no Senhor herdarão a terra.

Pois ainda um pouco, e o ímpio não existirá
olharás para o seu lugar, e ele ali não estará.

Mas os mansos herdarão a terra,
e se deleitarão na abundância de paz.

O ímpio maquina contra o justo, e contra ele range os dentes,
mas o Senhor se ri do ímpio, pois vê que vem chegando o seu dia.

Os ímpios têm puxado da espada e têm entesado o arco,
para derrubarem o pobre e necessitado,
e para matarem os que são retos no seu caminho.

Mas a sua espada lhes entrará no coração, e os seus arcos quebrados.

Mais vale o pouco que o justo tem, do que as riquezas de muitos ímpios.

Pois os braços dos ímpios serão quebrados,
mas o Senhor sustém os justos.

O Senhor conhece os dias dos íntegros, e a herança deles permanecerá para sempre.

Não serão envergonhados nos dias maus, e nos dias de fome se fartarão.

Mas os ímpios perecerão, e os inimigos do Senhor serão como a gordura dos cordeiros; desaparecerão e em fumaça se desfarão.

O ímpio toma emprestado, e não paga;
mas o justo se compadece e dá.

Pois aqueles que são abençoados pelo Senhor herdarão a terra, mas aqueles que são por ele amaldiçoados serão exterminados.

Os passos de um homem bom são confirmados pelo Senhor,
e ele deleita-se no seu caminho,
ainda que caia, não ficará prostrado, pois o Senhor lhe segura a mão.

Fui moço, e agora sou velho; mas nunca vi desamparado o justo, nem a sua descendência a mendigar o pão.

Ele é sempre generoso, e empresta, e a sua descendência é abençoada.

Aparta-te do mal e faze o bem; e terás morada permanente.

Pois o Senhor ama a justiça e não desampara os seus santos.
Eles serão preservados para sempre, mas a descendência dos ímpios será exterminada.

Os justos herdarão a terra e nela habitarão para sempre.

A boca do justo profere sabedoria; a sua língua fala o que é reto.

A lei do seu Deus está em seu coração; não resvalarão os seus passos.

O ímpio espreita o justo, e procura matá-lo.

O Senhor não o deixará nas mãos dele,
nem o condenará quando for julgado.

Espera no Senhor, e guarda o seu caminho, e ele te exaltará para herdares a terra; tu o verás quando os ímpios forem exterminados.

Vi um ímpio cheio de prepotência, a espalhar-se como a árvore verde na terra natal.

Mas passou, e já não é; procurei-o, mas não pôde ser encontrado.

Nota o homem sincero, e considera o reto, porque o futuro desse homem será de paz.

Quanto aos transgressores, serão à uma destruídos,
e as relíquias dos ímpios todas perecerão.

Mas a salvação dos justos vem do Senhor; ele é a sua fortaleza no tempo da angústia.

E o Senhor os ajuda e os livra; ele os livra dos ímpios e os salva, porquanto nele confiam.




Amém !